• b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

17.12.2018

12.10.2018

13.07.2018

13.07.2018

13.07.2018

Please reload

SIGA

Quando falta o ar...

09.05.2017

 

Era sábado, 6. No dia que completo 21 meses sem fumar... Entro no táxi rumo ao hospital, mais um final de semana com crises alérgicas. No rádio toca uma antiga e sempre atual canção. Voltei no tempo, uns 14 anos e como era singelo meu pedido "amor pra recomeçar". E recomeçar parece que virou frequente...  Ontem a velha lembrança de 7 anos atrás trouxe um texto de Clarice que muito serviu de consolo numa época em que traições pareciam vir de todas as partes. Um chuva ácida. E hoje a música dizia pra ficar triste apenas um dia e não um ano inteiro. Lembrei dessa época desse ano intenso em que as emoções nos destroem. É difícil acreditar na maldade, na sacanagens, nos jogos de interesses e em como o poder é capaz de transformar pessoas em bichos. Lembrei da poesia Tolos que escrevi, na época eu dizia a mim mesma para aprender fazer a cerca. Mania de querer semear amor, onde não tem amor. E mais uma vez toca a canção... Lembro de questionar o cantor numa entrevista sobre o significado do amor, a pergunta era sugestão de uma amiga, a mesma que uma vez me pediu certa vez para escrever sobre amizade. E ele balbuciou, pergunta difícil e confesso que não lembro da resposta. E num insight, nas paredes do corredor verde e branco, ao rever tantas coisas.. resposta: o amor sou eu. Cada um é o amor.. O médico agora me chama, vai dar corticoide na veia, se não passar, vai usar adrenalina. Pergunto o que é, ele diz usado em casos extremos. O enfermeiro prepara o seringa enquanto meu ar diminui. Engraçado pensar em tudo isso agora...Todas essas memórias e pensar que a gente se acostuma a pensar que o amor é algo que possa vir e não algo que já está dentro da gente. E paro tudo, pela primeira vez um enfermeiro parece errar a veia. Vejo a alta dose do remédio, lembro da osteoporose. Cortizona faz mal para os ossos. Já sou dona de um corpo frágil. - Chama o médico, por favor! Ele diminui a dose, eu peço também amoxilina. Ele questiona o pq, eu falo da tosse e garganta, última que ele não examinou. Ele dá a receita, diminui a dose do anti-alérgico e muda de enfermeiro. Enquanto aguarda a próxima dose, escrevo. A enfermeira achou a veia. Rapidamente o ar parece voltar a entrar. A música fica na mente. Amor para dar é o que vida tem me exigido. É preciso sempre uma dose de paciência com o mundo e os erros alheios e meus. Na volta pra casa, outra canção... "Por onde andei.." Na minha Vila tem festa, toca jazz e a menina seus 11, 12 anos ajuda a moça a não perder a cliente do café de canela com trufa. Um amigo liga, se colocam a disposição de ajudar. Mas já tenho anos de estrada e na bagagem o conselho de mãe "cuida bem de ti mesma pq ninguém vai cuidar". Talvez o significado do amor, seja entender o que diz a camisa na foto sobre entender a própria beleza.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

MELINA GUTERRES

Please reload