• b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

REPORTAGEM

VÍDEO

FOTO

ARTE

17/12/2018

AO SOM DO BLUES

NÃO ME AME ALÉM DA CONTA

NÃO ME CHAME DE SUA,

SOU MINHA

NÃO QUEIRA SER DONO

DOS MEUS DESEJOS

E NEM PENSE EM FALAR

POR MIM

SOU BEM MAIS LIVRE DO QUE

SEU ARCAICO PENSAMENTO

NÃO ME ENQUADRO EM

NENHUM MODELO

TENHO AUTONOMIA,

AUTENTICIDADE

"ESQUISITA"

AO SEU SENSO COMUM

AO...

12/10/2018

Tenho o coração afivelado com grades que lembram a escravidão 
Vejo a democracia em desconstrução 
A vaidade sobrevoando a justiça 
Derrubando a nação 
Petróleo e reservas florestais em leilão?
Cortes na saúde, na educação?
Tenho o coração amordaçado 
O meu grito sufoc...

13/7/2018

DONA DE MIM

Não nasci pra ser "amada"
Ser troféu de estante
Apresentada pra família adorada
Não nasci pra ser controlada,
Regulada,
boicotada.
Não nasci pra dar prazer.
Nem ouvir sobre meu vestido,
a cor do meu cabelo e
tampouco o que eu digo.
Tenho alma avançada,
Se...

13/7/2018

AMANHECER SÃ

Toda noite que viro escrevendo,
Visto roupas de diferentes tempos,
Das almas que habitei,
Das almas que me habitaram

Toda noite que viro escrevendo,
Enlouqueço, derramo lágrimas e risos
Chego ao meu ápice,
Transformo Deus em poesia,
Esse Deus do luto, do...

13/7/2018

PESARES

Somos mulheres
Somos podadas
Somos mutiladas
Somos oprimidas
Somos questionadas
Somos reinventas
Somos objetos de consumo
De desejo, de sexo...
Somos duvidadas
Nossos atos pesam mais
Porque esse pesar?

13/7/2018

TRÉGUA

Escrever sem ódio já foi permitido
Escrever com ódio já foi vivido
Com paixão, com amor, sem amor, sem paixão, desilusão.
Já cansei desse velho sentir
Olhar nostálgico e senil
Um brinde, logo é ano novo!
Sem mais ciscos,
Depois das gavetas,
Consigo ver
Esqueci...

13/7/2018



Eis que na calada
Da madruga
Uma voz doce
Um toque gentil
Um anjo alado
Despertou em mim
O que de bom estava guardado
Vi cair velhos cacos
Latarias e ferrugens
Vi o ferro velho 
Desmoronar
E por debaixo dele
Pude ver
Só havia luz
Ao sentir
Ao amar sem pensar
Não havi...

13/7/2018

DESGOVERNO

E me deixa assim
Sem um sinal 
Sem o toque
Sem o som da voz
E me encho de silêncio
Em outros olhos te vejo 
Sinto teu cheiro, 
Teu corpo, minha memória 
impregnada na tua pele
naquele beijo caótico, 
naquela vontade abafada
no desejo de querer e não poder
n...

13/7/2018



Melhor sentar na beira do mar
E passar a vida a sonhar
Melhor sentar na beira do mar
E passar a vida a sonhar

Se você não tem coragem não vêm...
Se você não é forte não vêm...
Meu bem...
Amor é inverno, é verão,
É primavera, outono, vulcão....

É arriscar-se, é perd...

8/11/2017

Prometo palavra sincera, 
coração esmagado em conserto. 
Euforia, melancolia 
Luta, prisão 
Prometo uma alma em libertação 
Cálices de verdades
Palavras estúpidas e putarias
Prometo a dor da vergonha,
E da compaixão 
O ódio, a raiva, e paixão 
Feras feridas
Prometo o a...

1/4/2017

E dizia: tu não sabe o inferno que me habita. E ela via uma beleza infinita naquele reconhecimento. Quem teria mais razão? E mal sabiam eles que naquele encontro de espelhos,  não haviam mocinhas ou vilões, só dois seres imperfeitos em fusão, erupção e compaixão.

No sil...

17/2/2017

Não sei! Não sei nem se sou negra, branca, indígena. 

Talvez eu seja um misto, tenha a alma bem colorida.

Quem sou eu?

O samba, o rock, o blues, jazz?

Ou o compasso de uma música ainda não escrita.

Quem sou eu?

Me diga você, ou você, ou você, ou você. Vamos me desafie, me mo...

8/12/2016

Escrita...

Aqui é meu refugio, meu abrigo, meu porto seguro e minha tempestade, ventania. Sou um lugar de emoções ecléticas, uma série de livros não escritos, histórias mal resolvidas e de personagens inacabados.   Sou as máscaras do passado, todas que arranquei no pres...

Please reload